segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Com quem você pensa que está falando?




Quem de nós já não se viu em discussões, que se tornaram acaloradas até, pelo menos... humm... digamos, um zilhão de vezes?

E presenciamos outras tão ou mais acaloradas, e muitas vezes por motivos banais (na maioria das vezes... ou quase em todas... 99 em 100, Ok?).

O curioso é que no meio de uma discussão, às vezes até esquecemos o porquê da discussão, e passa a ser apenas e tão somente uma batalha de opiniões: quem tem razão? Qual opinião será validada? Quem vencerá a batalha pelo justíssimo motivo, que é... que é... bem, continuemos.

Casais discutem, pais e filhos, amigos, companheiros de caminhada. O sujeito, cheio de motivos, frequentemente sente, embora muitas vezes nem se dê conta disso: “Não arredo o pé até fulano concordar comigo ou admitir minha opinião”.

Quantas discussões, e quanto mal estar.

Você fica feliz da vida quando discute? Fala sério... Você pode me dizer com toda firmeza: Lucius, depois do calor da discussão eu saio realizado, com um quentinho gostoso no peito, com uma sensação de plenitude... pois imperou minha opinião"... Bem... Como tudo é possível, não descarto... Este texto talvez não seja para você... ou talvez seja, de todo modo... Mas, continuando...

Muitas vezes sou questionado sobre o que fazer para não ter discussão, para não haver orgulho ferido, arrogância, contrariedade, discordância. Respondo sempre: “o que importa mais: se sentir bem ou validar sua opinião?”, “sua opinião ou sua paz?”.

Achei outro artifício, e é disso, em essência que quero tratar neste texto: o que você quer ser agora? Eu escolhi ser um “abobrão”. Exatamente, você leu isso mesmo! Assumi, hoje, que sou uma grande abóbora...

...afinal, você já viu uma abóbora nervosa, estressada, querendo ter razão? Imagina a cena: o “abobrão”, olhando de cima e dizendo ”Você sabe com quem está falando?”. Hilário! O “abobrão” fica lá... sentindo aquela brisa... tomando um solzinho... relaxando ... numa boa!!!

Hoje eu escolhi ser um “Abobrão”. E você, o que escolhe ser somente por hoje?

... e vale lembrar que... para zerar o karma, é preciso conservar-se em paz!

Abraços...
Lucius

10 comentários :

  1. Sensacional Lucius é muito melhor ser um abobrão.

    Patricia.

    ResponderExcluir
  2. Rosângela Olstan Rando1 de novembro de 2011 20:29

    Amigo Lucius.....que reflexão valiosa!! Vejo que seja qual for o resultado de uma discussão não vale o desgaste e a perda de energia consumida nesse processo.Seguramente, escolho o mesmo que voce....nada se compara ao estado de Paz, quietude e serenidade! Atento para sua manutenção todos os dias pois sinto que me conservando em paz, o meu caminhar é outro....é suave e me descortina tudo do que sou capaz. Obrigada, muito obrigada.Abraços, Rosângela

    ResponderExcluir
  3. hauahuahuah....um abobrão eh ótimo!!! ahuahuahuahua....adoreiii... são tantas opções neh, podemos ser oq kisermos!!! fantástico! p/ q sentir smp a msm coisa neh? vou experimentar sentir diferente, como o abobrão!!!
    instrução sensacional msm, como disse a Patricia!
    mtissimo obrigada Lucius!! bjaum Gabi

    ResponderExcluir
  4. Valeu, Lucius!
    Sempre me deparava com a escolha (da fruta ou legume ou ...) nessas situações! Como disse a Gabi, são tantas as opções, e mesmo com essa quantidade toda, às vezes se envolve no desgaste e perda de energia como disse Rosângela. Deixamos jogarem pedras no nosso lago! Zerar o Karma é fundamental, para o que, não precisamos de muito não, por exemplo, na situação muito bem caracterizada pelo Lucius basta ser um "abobrão"! E assim meu lago vai continuar sereno! Valeu (ou valeram!) Lucius, Gabi, Rosângela, Patrícia e principalmente Mestre Marcelo que tanto nos instrui! Paz a todos com muita luz! Sds Walter

    ResponderExcluir
  5. Eu adorei seu texto Lucius e seu blog. Já estou como sua seguidora. Voltarei com certeza.
    Este post ficará por uns dias linkado em destaque no alto do meu blog Navegante do Infinito...merece ser lido por muitos.
    Namaste!
    Astrid Annabelle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Astrid!

      Sinto gratidão por você apreciar o texto e compartilhar. Juntos somos mais fortes, aprendemos mais e servimos mais e mais a todos.

      Obrigado por seu carinho e sua amizade.

      Abraço fraterno

      Excluir
  6. Saudações queridos amigos Patrícia, Rosângela, Gabi e Walter, obrigado por participarem de meu espaço. Aprendo muito com vocês, participem sempre.

    Amiga Astrid, volte sempre que quiser, sempre será muito bem-vinda, vamos aprender juntos. Obrigado por divulgar o post no seu blog, com certeza tem muita serventia prática. Unidos podemos servir muito mais,

    Abraço fraterno a todos,
    Lucius

    ResponderExcluir
  7. Saudações Inc. Lucius, realmente a paz é algo fantastico, sinto que respirar fica mais harmonioso. A importancia de manter-se em paz é fundamental para fazer escolhas conciente obrigada pelas palavras, são muito util..Abraços fraternos! Inc. Silvia

    ResponderExcluir
  8. Olá Lucius, linda mensagem espero que contagie à todos, escolho ser ser uma maçã para dar vitamina as crianças e deixe os outros com suas discussões,até um cansar, pois quando UM não quer, nada acontece.

    Um abraço do amigo Tadeu

    ResponderExcluir
  9. Olá Tadeu,

    obrigado por participar e compartilhar impressões.

    Excelente escolha amigo maçã, gostei da sua escolha!!

    Vamos torcer para que o maior numero de pessoas escolha , ao menos por um dia, adotar esse posicionamento.

    Um enorme abraço, do amigo abobrão.

    ResponderExcluir