segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Causas e... só causas mesmo (Vamos semear)



É fácil alinhar certas causas aos seus efeitos, e até antever os efeitos que desejamos, de acordo com as causas que movemos. Mas há momentos em que é preferível não fazermos isso. Vamos agora a um desses casos.

Particularmente neste momento, nesta incrível segunda-feira que se inicia, quero convidar você a atuar por uma perspectiva diferente e extremamente simples.
Vamos tão somente semear.

Como funciona?

Iniciamos escolhendo algumas ações que podem significar prosperar sementes, e ao longo do dia lançaremos essas sementes. Só isso. Não precisamos saber o que teremos por efeito. Seremos semeadores. Só isso.

Não precisamos observar o movimento, não precisamos saber se a semente germinará, se vai se multiplicar, se perder. Só importa semear.

O que esperar disso? Absolutamente nada. Nadinha de nada.

Vamos só lançar sementes.

Para não dizer que não há motivação neste aspecto da causalidade, vamos procurar a satisfação pelo simples ato de lançar sementes, mais nada.

Ao final do dia, concluiremos se vale repetir a ação de semear, e, caso apreciemos este movimento, podemos repetir no outro dia.

Vale acrescentar ao longo do dia sementes novas, aprendidas no caminho.

Exemplos de sementes:
- sorrir para as pessoas,
- olhar nos olhos das pessoas com carinho,
- atribuir algo de belo, agradável e bom em cada pessoa que cruzar nosso caminho,
- agradecer,
- se dispor a servir,
- assumir gestos de gentileza,
- achar graça em pequeninas coisas,
- escolher um momento qualquer e cantar uma música que você curte muito,
- atender bem,
- acolher o atendimento,
- apreciar alguma coisa do dia que seja bem conhecida, já.
Etc.etc.

Vamos estimular quem estimamos pelo resultado e não pela idéia, isto é, exercitemos o semear para termos a experiência e podermos compartilhar com as pessoas de nosso convívio.

Seja amigo, não espere que sejam amigos.

Um amigo reconhece amigos.

Viva uma fabulosa segunda-feira e semeie bastante.

Grande abraço,
Do amigo Lucius Augustus, IN

5 comentários :

  1. Rosângela Olstan Rando7 de novembro de 2011 21:09

    Nobre amigo Lucius, amorosa e sublime proposta que não só enriquece o coração de quem pratica mas tambem favorece uma corrente de bem e generosidade. Estou adorando a experiência.....semear não só hoje mas a cada instante e sentir a paz de realizar o meu melhor e poder servir. Amoroso abraço com gratidão, ach. Rosângela

    ResponderExcluir
  2. Saudações, amiga Rosângela,

    é uma proposta praticável; simples, produtiva.

    Muita gente pode se beneficiar com simples gestos e ações. E viver a vida, sem esperar retorno, simplesmente servindo, é muito estimulante e gostoso.

    Super abraço,

    do amigo Lucius

    ResponderExcluir
  3. Lindo!!! Na verdade DIVINO!!!
    Beijos de luz em seu doce coração de amor!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá querido amigo Ronnie, que satisfação contar com a presença do amigo neste blog!

    MADUPRAN, a beleza é sua realidade interior, percebe? Você é uma pessoa linda, divina, impar!!! Obrigado por participar desse espaço. É muito gostoso compartilhar com os amigos.

    Beijos de luz em seus corações!

    Lucius

    ResponderExcluir