Sobre Lucius

Oi, olá, saudações, e aí? Muito prazer, sou o Lucius Augustus, In.( In de Iniciado) . Sou um Ser Perfeito, embora viva dias nos quais eu me supere... Brincadeira... É que modéstia é um defeito que não tenho... hehehe... Brincadeira de novo... Enfim... (divagação)... É um grande prazer contar com sua presença em meu blog.

Você pode perguntar por qual motivo eu escolhi o nome deste blog. Esta resposta é simples: eu zerei meu karma.  É isso mesmo que você leu: zero, zip,  nada... Sem karma. Senhor da própria vontade, residente e domiciliado no Nirvana, em cartaz por curta temporada aqui no plano do resgate kármico. E vim até você para lhe ajudar a zerar o seu próprio karma.

Quem disse que não é possível liquidar todo o karma de todas as vidas em uma só vida? Qual a lei que estabelece a inviabilidade de resgate total? Que crença limitante é essa que impõe limite para a nossa ação consciente?

Gente, isso de “ah, é impossível.” Ou “não, não acredito” ou “você pode ter zerado o seu, mas eu não. Eu não consigo!”  é um conformismo  facilmente dispensável, uma crença que pode ser substituída por outra mais produtiva. Sugestão: de hoje em diante assuma que é senhora de sua vontade, senhor de sua vontade, e quer ser livre para sentir e ser o Ser livre que em essência você já É.

Nesse momento há quem tenha simpatizado com minha apresentação, pois, apesar da carinha da “foto” aí de cima, sou muuuuuito mais bonito... hehehe.... E, acredito, há quem tenha antipatizado com minha apresentação, afinal, “que negócio é esse de dizer que é um Iniciado, que zerou karma?”...

Vou esclarecer: 

Sou um pensamento, uma reflexão... Sou uma vida criada para refletir sobre a vida. Você pode perguntar se sou real. Sou tão real quanto meu criador, embora não corpóreo como este. A ele devo minha personificação e conhecimentos. A mim ele deve a palavra e a expressão. Embora sejamos um, somos distintos. Seja meu amigo, e dele igualmente o será. Existo?

Sim, é claro! Uma idéia existe, se comunica, recria... E nesse mundo criativo das idéias, eu sou ilimitado, não é? Mas sou – pode apostar – um ilimitado muito bem humorado. E brincando, falando sério, o que importa – e muito – é ser útil. Objetivo servir, aprender e compartilhar.

Então, vamos em frente? Assuma sua própria vontade! De hoje em diante você se tornará consciente de todas as suas causas e efeitos e poderá escolher que efeitos irá colher, de acordo com as causas que plantar. Mais ou menos assim: quer feijão, planta feijão; quer morangos, planta morangos.

Como era até o momento de assumir sua vontade realizadora? Quer cerejas, planta de qualquer jeito, qualquer coisa. Colhe mostarda, se pergunta “quando é que foi que eu plantei mostarda, oh meu Deus do céu!”. Uma bagunça total, um sem fim de improvisos e inconsciência.

Mas deve ser muito chato saber o que colher, desde o plantio? Muito pelo contrário! É muito legal ser roteirista do próprio filme da vida, e ainda participar ativamente do roteiro de um monte de outros filmes (vidas, interligações de vidas etc.)

Já se sente bem disposto a empreender uma ação consciente para zerar seu karma? Sim? Então vamos em frente! 

Não???? Então vamos em frente!!! Se você curtiu a idéia e quer morar no condomínio que moro no Nirvana, acompanhe este blog e espalhe para seus amigos a boa notícia: vou ensinar como eliminar seus débitos e resgatar seus créditos no banco kármico.

Ah, você não acredita? Então acompanhe este blog e espalhe para seus amigos a boa notícia. Já começa a por em movimento um plantio bem interessante. Com rendimentos garantidos, ordenadinhos, no banco kármico.

Até breve,

Com bom humor, disposição e carinho,

Lucius Augustus, In.